Você está aquiNúcleo de Comunicação e Educação

Núcleo de Comunicação e Educação


A Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo tem dedicado especial atenção à inter-relação Comunicação/Educação, área interdisciplinar emergente de grande importância para esses dois campos do saber. O Núcleo Comunicação e Educação - NCE - formado em 1996, integra professores e pesquisadores do campo de inter-relações Comunicação/Educação. Sua proposta de trabalho é a de buscar caminhos para uma maior e mais eficaz integração da comunicação no espaço educativo, proposta esta que veio a ter sua premência ratificada pela nova Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional, especialmente através das Diretrizes Curriculares para o Ensino Médio. O núcleo orgulha-se de ter organizado, em 1998, entre outras atividades, o World Meeting on Media Education e o International Congress on Communication and Education, que reuniu 178 especialistas na área, provenientes de 35 países. A parceria com a instância do poder público traduziu-se, entre 1999 e 2009, em atividades de extensão como:

  •  Projeto PEC – Programa de Educação Continuada realizado, em 1999, em conjunto com a Secretaria de Estado da Educação de São Paulo, formando 900 professores para o uso das tecnologias na sala de aula;
  • Projeto Educom.rádio (2001-2004), junto à Prefeitura de São Paulo, formando 11 mil entre professores, alunos e membros da comunidade escolar para a introdução da educomunicação nas relações entre os pólos vivos do ecossistema comunicativo representado pela escola. Um total de 455 escolas participaram do projeto. Um total de 800 entre professores e estudantes da USP e de outras universidades da região metropolitana tomou parte no projeto, como palestrantes, coordenadores e mediadores. Privilegiou-se, neste projeto, o emprego da linguagem radiofônica;
  • Projeto Educom.TV, a distância, desenvolvido em 2002, para 2.240 professores de 1.024 escolas do Estado de São Paulo, numa parceria com o MEC e a Secretaria de Educação do Estado. Curso voltado para o ouso da linguagem audiovisual na educação;
  • Projeto Educom.geração cidadã, para 2000 jovens, atendendo a convite do Ministério do Trabalho, entre 2005 e 2006. Foram empregadas as linguagens digital e radiofônica;
  • Projeto Educomradio.centro-oeste, entre 2005 e 2006, para 70 escolas da Região Centro Oeste (MT, Ms e GO), atendendo a 2.500 entre professores e alunos, trabalhando com a linguagem radiofônica;
  • Projeto Educom.JT, com a produção de 80 páginas, aos domingos, no Jornal da Tarde, sobre temas transversais sob a ótica da da educomunicação;

Curso Mídias na Educação, a distância, articlando uma equipe de especialistas para oferecer tutoria para 5 mil professores do Estado de São Paulo, atendendo convite do MEC e da UFPE (2005 a 2009). O NCE produziu também quatro módulos do curso, referentes à mídia rádio. O NCE criou também o Prêmio Marizinha de Educomunicação, oferecido a personalidades que se destacam na prática da educomunicação em todo o país. Em 2005 o Núcleo recebeu o Prêmio Luiz Beltrão de Ciência da Comunicação, na Categoria Grupo Inovador, conferido pela Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação – Intercom. Em 2007, o NCE transforma-se juridicamente em NACE, mas mantém vínculo de trabalho e pesquisa com o CCA-ECA.